>>>MS inicia distribuição de mais 2,6 milhões de doses da vacina do Butantan

MS inicia distribuição de mais 2,6 milhões de doses da vacina do Butantan

O Ministério da Saúde está enviando aos estados e Distrito Federal mais 2,6 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 produzida no Brasil pelo Instituto Butantan. Para concretizar a distribuição, o Governo Federal depende da real entrega dos quantitativos de doses pelos laboratórios fornecedores dos imunizantes. Esses, por sua vez, trabalham com um cronograma sujeito a constantes alterações de acordo com a produção dos insumos, considerando que ainda não há um fluxo regular de produção da vacina.

De acordo com o quinto Informe Técnico da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) da pasta, o novo lote é destinado para vacinar trabalhadores da saúde, idosos entre 80 e 84 anos e de 75 a 79 anos. A previsão é de que as entregas ocorram a partir desta terça-feira (9) e durante a quarta-feira (10), de forma proporcional e igualitária a todas as Unidades Federativas (UF).

O documento também orienta que os estados contemplados com o Fundo Estratégico (5% do total de doses disponibilizadas) em distribuições anteriores devem seguir vacinando idosos dos grupos prioritários estabelecidos sequencialmente no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

A nova remessa de vacinas do Butantan corresponde à entrega de duas doses, sendo necessário que estados e municípios façam a reserva da segunda dose para garantir que o esquema vacinal seja completado no período recomendado de 2 a 4 semanas.

Confira aqui a divisão das doses para cada UF.

SOMOS UMA SÓ NAÇÃO

Com esse novo lote, o Ministério da Saúde já coordenou a distribuição de mais de 20 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 em todo o país desde o dia 18 de janeiro, início da campanha de vacinação – mais de 9 milhões já foram aplicadas em grupos prioritários. A vacinação no Brasil pode ser acompanhada pela plataforma LocalizaSUS.

Para o mês de março, o cronograma enviado à pasta pelos laboratórios, sujeito a alterações de acordo com a produção das vacinas, prevê a entrega de um total de 30 milhões de doses: 23,3 milhões do Instituto Butantan, enviados em remessas semanais e distribuídas na mesma periodicidade; 3,8 milhões da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzida na Fiocruz; e mais 2,9 milhões de doses do mesmo imunizante adquiridos via consórcio Covax Facility.

(Fonte: Ministério da Saúde)

By | 2021-03-11T11:27:06-03:00 11 de março de 2021|Especial Coronavírus (COVID-19)|Comentários desativados em MS inicia distribuição de mais 2,6 milhões de doses da vacina do Butantan