>>>Dia Mundial do Doador de Sangue: faça parte desta corrente de esperança

Dia Mundial do Doador de Sangue: faça parte desta corrente de esperança

Celebrado no dia 14 de junho de cada ano, o Dia Mundial do Dador de Sangue é uma oportunidade para agradecer aos doadores e doadoras voluntários e não remunerados por esse presente que pode salvar vidas. Além disso, a data serve para conscientizar sobre a necessidade de se fazer doações regulares de sangue para garantir que todos os indivíduos e comunidades tenham acesso a produtos sanguíneos acessíveis e seguros como parte integral da saúde universal e um componente fundamental de sistemas de saúde eficazes.

Em todo o mundo são organizadas ações e eventos que objetivam conscientizar a população sobre a necessidade de se doar sangue e, em especial, agradecer aos milhões de doadores voluntários pela sua generosidade em contribuir para salvar a vida de inúmeras pessoas. O tema da campanha de 2020 é “Sangue seguro salva vidas”, com o slogan “Doe sangue e torne o mundo um lugar mais saudável”. A ideia é focar na contribuição que um doador individual pode dar para melhorar a saúde de várias pessoas que precisam.

Clique aqui para acessar o site da campanha deste ano (em português)

As doações de sangue são mais necessárias do que nunca durante a atual pandemia de COVID-19, alerta a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Os hemocentros das Américas estão tomando medidas para garantir que as doações continuem de maneira segura para doadores(as) e receptores(as) de sangue.

Em uma mensagem para o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho, a diretora da OPAS, Carissa F. Etienne, afirmou: “O sangue mais seguro vem da doação voluntária e não paga de pessoas como você e eu. A doação é um ato de solidariedade e altruísmo, que o mundo precisa agora mais do que nunca no contexto da pandemia de COVID-19.”

A necessidade de dispor de sangue seguro é universal, mas o acesso ao sangue seguro ainda é um privilégio de poucas pessoas. A maioria dos países de baixa e média renda tem dificuldades para dispor de sangue seguro porque faltam doações e equipamentos para testar o sangue. Globalmente, 42% do sangue é coletado em países de alta renda, que abrigam apenas 16% da população mundial.

A data é um chamado à ação para que governos, autoridades nacionais de saúde e serviços nacionais de transfusão de sangue forneçam recursos adequados e estabeleçam sistemas e infraestruturas para: aumentar a coleta de sangue de doadores não remunerados; proporcionar atenção de qualidade aos doadores; promover e aplicar um uso clínico adequado do sangue; e implementar sistemas de supervisão e vigilância em toda a cadeia de transfusão de sangue.

(Com informações: OPAS/OMS Brasil)

By | 2020-06-12T14:20:00-03:00 12 de junho de 2020|Saúde no trabalho|Comentários desativados em Dia Mundial do Doador de Sangue: faça parte desta corrente de esperança