Home>Sem categoria>No último dia do Seminário Sudeste, especialistas debatem situações de vulnerabilidade para adoecimento mental

No último dia do Seminário Sudeste, especialistas debatem situações de vulnerabilidade para adoecimento mental

A Dra. Marcia Bandini, presidente da ANAMT, apresentou a conferência de encerramento do evento com o tema “Desafios para a promoção da saúde mental dos trabalhadores”, na qual frisou que a saúde mental é um componente crítico e importante para a saúde como um todo:

“Mais frequentemente, o problema é maior do que a gente pode enxergar. Nós, Médicos do Trabalho, temos que aprender como lidar com as nossas emoções para que a gente possa ter um exercício profissional independente e livre”.

No começo do dia, o Prof. René Mendes abriu o último dia do Seminário Sudeste da ANAMT, com a palestra “Situações de vulnerabilidade como predisponentes para adoecimento mental dos trabalhadores”.

“A situação de vulnerabilidade não é apenas uma posição da organização, ela retrata também uma posição social do trabalhador que já entra no ambiente de trabalho em desvantagem”, afirmou o Médico do Trabalho.

Em seguida. Dr. Hudson Couto analisou o trabalho como fator saúde ou doença mental e disse que trabalhar pode ser a segunda melhor coisa na vida de uma pessoa, caso haja boa sintonia entre o que o trabalhador espera e o que ele encontra na prática.

Na mesa redonda “Experiência bem-sucedidas de estudo e intervenção sobre a questão de saúde mental relacionada ao trabalho”, Dr. Eduardo Cosa Sá alertou sobre a importância do acompanhamento dos programas de saúde mental, devido å possibilidade de recaída.

“Sem usar os fatores sociais, o acompanhamento externo de familiares ou colegas, não tem como termos sucesso”, disse.

By | 2017-09-09T14:47:09-03:00 9 de setembro de 2017|Sem categoria|Comentários desativados em No último dia do Seminário Sudeste, especialistas debatem situações de vulnerabilidade para adoecimento mental